Início » Cuidados com o veículo

Arquivo

Cuidados com o veículo

Qual a calibragem certa para os pneus do carro?

7, setembro, 2011 Sem comentários

Calibragem pneus

Aquele pit stop no posto serve para muitas coisas, mas uma coisa imprescindível geralmente é esquecida por frentistas e motoristas: a calibragem dos pneus.

Pesquisas comprovam que no Brasil de 2.983 carros cerca de 45% deles circulavam com pressões abaixo do recomendado, diminuindo a segurança, a economia e a dirigibilidade do veículo.

Calibram errado dos pneus gasta mais combustível

Não é só o pneu que tem sua vida útil encurtada com uma calibragem inadequada. Se o carro rodar com 14,5 libras a menos do que deveria a uma velocidade de 130 km/h, por exemplo, o gasto de combustível chega a ser 7% maior. O veículo se torna mais pesado e quando está mal calibrado, a dificuldade para rodar faz com que o carro exija mais força do motor.

Problemas na estrutura do carro

E as conseqüências não param por aí. Quando calibrado de menos, o pneu termina desgastado nas bordas e inteiriço no centro. Se inflado além da conta, ocorre o contrário: fica careca no meio e bom nas laterais. Resumindo: esse desgaste irregular faz com que ele dure bem menos do que os cinco anos garantidos pelos fabricantes.

Além disso, o risco de perda de controle, derrapagens e de colisões torna-se maior a medida em que a aderência ao solo diminui.

Calibragem certa para os pneus do carro

as pressões de ar devem ser verificadas semanalmente ou, no máximo, a cada 15 dias para não comprometer a performance dos pneus. O procedimento deve ser feito antes e depois de viagens. O ideal é que os pneus estejam frios, ou seja, com menos de três quilômetros rodados. Se não estiverem, cada um deve receber quatro libras a mais, já que dependendo do percurso percorrido, podem levar de uma a duas horas para esfriar.

Para sabermos a pressão utilizada para inflar os pneus, os valores variam de acordo com a marca e o modelo do veículo e podem ser encontrados no manual do proprietário, na coluna da porta do motorista ou na tampa de combustível. É lá também que está estipulada a pressão das rodas traseiras quando o veículo transporta cargas, passageiros ou bagagens no porta-malas.

Após fazer a calibragem, deve-se atarraxar bem a tampa de válvula. Agora, os pneus estão cheios de fôlego para rodar com mais segurança, conforto e economia.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Carros/0,,MUL750262-9658,00-SAIBA+COMO+ACERTAR+A+CALIBRAGEM+DO+PNEU.html

Qual o melhor óleo para seu carro, mineral ou sintético?

12, abril, 2011 Sem comentários

Muitas vezes nos perguntamos qual seria o melhor óleo a se usar para nosso veículo. Devemos sempre olhar no manual do veículo e/ou consultar um profissional se tivermos dúvidas. Confira algumas dicas para saber qual o melhor óleo para o seu carro, mineral ou sintético.

Uso óleo mineral ou sintético para o meu carro?

Fonte: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1383113-7823-QUAL+O+MELHOR+OLEO+MINERAL+OU+SINTETICO,00.html

Quais são os tipos de óleo de motor que existem?

2, outubro, 2010 Sem comentários

Troca de óleo motorPara conhecer melhor os diferentes tipos de óleo de motor que existem devemos conhecer bem suas especificações. Basicamente podemos definir o óleo para motor por três características:

Especificações de desempenho para óleo motor

Desempenho: Existem especificações de desempenho para cada montadora, algumas européias, mas a principal é a API (Instituto Americano de Petróleo). Segundo a API a especificação mais atual é a SM. A mesma está sendo implantada no Brasil para produtos de alta performance que requerem óleos básicos especiais!

Especificações sobre a Viscosidade do óleo

Está especificação é regulada pela SAE (Sociedade de engenheiros da Mobilidade) e é composta de dois grupos: Os monoviscosos (Ex: 30, 40 e 50) e também os multiviscosos (Ex: 20w50, 10w40, 5w40). A diferença entre os dois é que os multiviscosos têm uma capacidade maior de resistência a variações térmicas dos motores. Isso proporciona uma menor redução de valor quando ocorre um aumento de temperatura.

Especificações da Base do óleo

O óleo pode ser de base sintética, semi-sintética ou mineral. No mercado automotivo as marcas tradicionais mais conhecidas são como Petrobras, Shell, Mobil, Castrol, Texaco, Repsol e Ipiranga geralmente possuem produtos que atendem as essas especificações.

Mas que tipo de óleo motor eu devo usar?

Na hora de decidir que tipo de óleo para motor você deve usar, lembre-se de seguir as instruções do manual do proprietário que já traz as recomendações do fabricante. Faça sempre o que o fabricante informou, pois ele usou de testes e pesquisas para poder afirmar a especificação mais adequada de lubrificante para o seu carro.

O que é verificado no carro na vistoria do DETRAN/CIRETRAN?

7, agosto, 2010 Sem comentários

Antes de ir fazer a vistoria do seu carro no DETRAN/CIRETRAN, você deve estar com a documentação e outros itens do carro em dia.

Documentação do veículo

A sua documentação e do veículo deve ser apresentada. Veja os documentos necessários:

  • Seguro obrigatório, multas e IPVA, pagos.
  • O CRV (Certificado de Registro de Veículo) devidamente preenchido e assinado.
  • Cópia do RG, CPF e comprovante de residência.
  • Decalque de chassis e Decalque de motor do veículo (muitas vezes será necessário um laudo veicular).

Atenção para não deixar transferir o carro o seu nome antes do período de 30 dias após a assinatura do CRV.

Itens do carro para vistoria

A vistoria do DETRAN pede que o carro esteja apto para circular com segurança, por isso a checagem da qualidade dos seguintes itens. Todos devem estar em perfeitas condições de funcionamento e conservação.

  • Faróis: Farol alto e farol baixo.
  • Freios.
  • Câmbio e marcha ré.
  • Sinalizadores: sinais e emergência (pisca-pisca ou alerta).
  • Emissão de gases: Será medida a quantidade de CO2, entre outros gases emitidos pelo cano de descarga.
  • Pneus: Devem estar em bom estado, inclusive o estepe. Não vá com pneu careca.
  • Limpadores de pára brisa.
  • Esguicho do lava pára-brisa funcionando, por isso encha o reservatório.
  • Estado geral: Ferrugem, peças, amortecedores e suspensão.
  • Extintor de incêndio dentro do prazo de validade.

É basicamente isso, estando com esses itens checados, a vistoria vai ser um sucesso e você terá o novo documento em mãos.

Quanto custa pintar meu carro?

4, agosto, 2010 2 comentários

Uma das coisas que mais diminuem ou aumentam o preço de um carro é o estado da lataria e pintura. Uma das razões porque é uma das manutenções mais caras nos veículos. Claro que isso vai depender de cada caso.

O valor para pintar o carro vai depender do estado da pintura anterior do veículo e de quanto você pretende investir. Você pode pintar apenas a parte externa ou interna do carro.

Banho de tinta

O famoso banho de tinta sai mais barato, mas não tem acabamento nenhum. A parte interna do carro não é feita e fica com uma cor diferente da de fora. O Banho de tinta vai custar uma média de R$ 700 reais.

Pintura completa

Já se você quiser uma pintura caprichada, tanto do interior como exterior do carro, é mais caro. Se for lixar e pintar detalhes internos e mais escondidos do carro, o valor sobe também. A pintura completa do carro, fica em torno de R$ 1.500,00 as R$ 5.000,00, dependendo de cada caso.

O que diferencia no preço da pintura do carro?

  • Lixar o carro todo encarece o preço.
  • Apenas banho de tinta, ou seja, só a parte externa. Mais barato.
  • Pintura interna: Interior das portas, a capota, porta-malas, etc. Fica mais caro.
  • Qualidade da tinta.
  • Mudança de cor. Se pintar de uma cor muito diferente da original, vai ter que lixar o carro e fazer a pintura completa, além da taxa para mudar a cor do veículo na documentação.
  • Cores metálicas, brilhantes, são mais caras, pois o processo de pintura é um pouco mais complicado.

Por isso é sempre bom avaliar antes de mandar pintar o carro. É realmente necessário pintar o interior do porta-malas, das portas, capota? Faça o orçamento em pelo menos três oficinas para não ficar na dúvida. E sempre vá a um latoeiro antes para arrumar os podres do carro antes de pintar, mesmo que muitas oficinas já integrem esse serviço. Faça um orçamento com o latoeiro antes.